terça-feira, 11 de novembro de 2008

Fotos da festa vip do Centenário

O fiel Coxa-Branca Gilcemar Chaves encaminhou fotos do evento de lançamento das comemorações do Centenário do Coritiba. Entre os presentes, representantes das torcidas do Clube e autoridades, além de personalidades do mundo da bola.

Um destaque à parte foi o fato do presidente Jair Cirino, do treinador Dorival Jr e do radialista Edu Brasil (Banda B) posarem para as fotos fazendo o símbolo da Império Alviverde. O capitão Maurício, o lateral Ricardinho e o atacante Keirrison também posaram para fotos ao lado dos torcedores. Confira as fotos:











Futsal Coxa é campeão sul-brasileiro

O time de futsal do Coritiba Cancun sagrou-se campeão das Categorias Sub 09 Masculino e Sub 15 feminino da 8ª Copa Sul-Brasileira. A competição foi realizada na cidade de Balneário Camboriú, em Santa Catarina, durante este último fim de semana.

Na categoria Sub 09, os meninos do Verdão venceram a equipe do Falcão 12 de Santa Catarina por 3 a 2, e o Dom Quixote do Rio Grande do Sul, também por 3 a 2, na primeira fase.

Na segunda fase, derrotaram os catarinenses do Clube dos 12 pelo placar de 2 a 1. Na semifinal, eliminaram o Santa Cruz do Recife, por 3 a 2 e na final, conquistaram o título sobre a Embraco de Joinville por 5 a 4.

Os atletas campeões pelo Cori foram: Vinicius Rypchinski,Thiago Pinho, Gabriel Scaramussa, Rafael Nazar, Varlei Armentano, Jean Mello, Gabriel Cordeiro. Thiago Pinho foi o goleiro menos vazado e Gabriel Cordeiro foi considerado o craque da competição. O técnico da equipe é Lucio Mauro Coraiola.

Já o time feminino do Coxa, comandado pelo Técnico Sandro Mendes, empataram com Itajaí na primeira partida em 3 a 3. Na semifinal derrotaram as gaúchas do Joby/Nova Esperança pelo placar de 2 a 1 e na final venceram Itajaí por 5 a 2.

Fizeram parte da equipe alviverde as atletas Bruna Mendes, Gessica Silva, Kymberlin Gonçalves, Letícia Sucharski, Luiza Ribas, Nayanne Santos, Silvia Morais, Thaina Guerra Victoria Gomes e Victoria Vieira. Victoria Gomes e Gessica Silva foram as artilheiras da competição e Letícia Sucharski foi a melhor goleira.

(Foto: Sandro Mendes)

Diretoria inova e convida Mafuz para a festa Coxa

Da coluna de Augusto Mafuz, conhecido torcedor do time da ReBaixada:

Significados

Convite

Chego ao escritório e encontro um envelope. Dentro dele, um convite. Por ser da cor verde, imaginei que trazia uma brincadeira. Mas o convite era para comparecer à festa do Coritiba.

O seu significado, embora seja de importância pessoal, não foi tão grande quanto ao motivo, que transcende paixão, cor e rivalidade: o lançamento da festa do centenário dos coxas.

Em 30 anos de jornalismo, foi a 1.ª vez que recebi um convite para ir a uma solenidade do Coritiba. Convites desobrigados, assim, comovem.

Levei o convite para casa e o exibi como troféu. Mas, eis que lá, me perguntam na tampa: isso é bom ou ruim?



Como disse o próprio torcedor do time da ReBaixada e convidado para a festa Vip do Coritiba, em 30 anos de jornalismo foi o primeiro convite para ir a uma solenidade oficial do Coxa. Fato inédito. Não posso negar, nesta aí a diretoria inovou. E pra valer. Quebrou conceitos.

Parafraseando o próprio autor do texto, 'Isso é bom ou ruim?'

Dias atrás alguns torcedores do Verdão criticaram com furor uma coluna do referido convidado da diretoria alviverde por ele ter escrito sobre a reunião que a diretoria teria com o prefeito de Curitiba. É, o mundo da bola dá voltas...

Tudo isto eu não entendo. E fico com a pergunta, martelando: 'Isso é bom ou ruim?'

Qual o destino de Paraíba em 2009?

O site do apresentador Milton Neves - que esteve nos festejos comemorativos do Centenário do Coritiba, em evento realizado durante a noite desta segunda-feira, 11 - divulgou matéria em seu site destacando o interesse de dois clubes paulistas no futebol do meio-campista Carlinhos Paraíba.

Segundo a matéria, o meia do Cori interessa ao Palmeiras e ao São Paulo.

Já o empresário do atleta, em entrevista ao jornalista Róbson De Lazzari disse que não existe possibilidade de renovação de contrato com o Verdão, com um aditivo de prazo. O contrato de Paraíba com o Cori encerra no primeiro semestre de 2010.

Se fosse apostar, apostaria que Paraíba seria negociado já em 2009 e para o futebol do exterior. E apostaria um duplo, cravando a transferência de Pedro Ken. Não acredito que o Cori mantenha estes dois atletas durante todo o ano de seu Centenário.

(Colaborou o fiel torcedor Coxa-Branca Luciano Carstens)

(Foto: Rodolfo Clix)

Limites

Limites

O time do Coritiba teve outro péssimo rendimento contra um time que luta apenas para não cair. Foi assim contra o time da (Re) Baixada, contra o Ipatinga e contra o Náutico. O time de Recife fez bem o que queria: levar um ponto de Curitiba. Jogou na defesa e se saiu bem nisto, mesmo com um futebol de baixo nível.

Já pelo lado coritibano, faltou qualidade individual para decidir favoravelmente uma partida contra um time que está na Zona do Rebaixamento. Além da confusão tática que o time mostra - sem saídas de bola em velocidade, sem jogadas ensaiadas, sem triangulações ofensivas, sem avanços pelos lados do campo -, o Coritiba não mostrou vibração para vencer. O time parecia acomodado com a situação - a sua limitação.

Para quem quer ir longe, em 2009 - títulos nacionais ou internacionais -, o Verdão precisará de pelo menos três reforços de altíssimo nível para iniciar os trabalhos da próxima temporada. Com o elenco que tem, infelizmente, não vejo possibilidade de o Cori ir longe dentro de campo, no ano do seu centenário.

Coritiba, a torcida que nunca abandona.


(Foto: Daniel Wildman)

Aqueles que subirão


A expectativa é grande. Talvez seja a etapa mais esperada dos resultados do primeiro ano da gestão do presidente Cirino: avaliar a capacidade dos jogadores da base que subirão ao time principal para as disputas da temporada 2009.

A expectativa é tão grande quanto natural, já que nos últimos anos, o Cori despontou com grandes revelações que empolgaram a torcida. É verdade que outras revelações ficaram bem aquém do esperado para um time profissional, mas Adriano, Rafinha, Miranda, Keirrison, Pedro Ken, Henrique deixaram na torcida um ar de que é possível fazer times competitivos nos quais atletas formados em casa sejam titularíssimos.

Agora, é saber quem subirá e saber se eles terão condição de compor o time titular, o que é o esperado, já que o elenco atual é fraco.

Para uma temporada com necessidade de vencer pelo menos um título nacional ou internacional - é o ano do Centenário e a imagem apagada que o Galo, o time centenário desta temporada deixou é um sinal de alerta para os próximos centenários -, a cobrança será enorme. O primeiro ano de noviciado estará findado e o torcedor irá cobrar mais fortemente da diretoria. A expectativa é time forte para trazer títulos para o Alto da Glória.

Com este cenário complicado, naturalmente os jovens terão que estar bem preparados para a pressão que recairá sobre eles. Não se trata de dizer se a pressão é ou não correta, mas sim saber o que fazer com esta pressão, pois ela será um fato que o Clube terá que conviver durante todo o ano de 2009. É uma fase de maturidade para os gestores. Chegou a hora de montar um grande time. E chegou a hora de saber como foi o ano de trabalho do futebol das categorias de base.

Felizmente, o Coritiba tem diretorias profissionais e por isto a cobrança por resultados fica mais evidente e justa. A base conceitual do Projeto Vencer será colocada em prova dentro um mês e meio, com a subida dos juniores para o time principal.