sexta-feira, 24 de outubro de 2008

PK sofre acidente mas passa bem

O jogador Pedro Ken sofreu um acidente automobilístico na tarde desta sexta-feira, mas passa bem, não tendo sofrido nenhum tipo de ferimento.

O jogador teve seu carro acidentado após ser fechado por um outro veículo e tendo que desviar para não causar um dano maior. O acidente ocorreu por volta das 16h, na Rua Mateus Leme.

(Foto: Marcello Schiavon)

Lutar?

Internautas comentam minhas cobranças de que a diretoria Coxa não teria prometido a Libertadores, e sim, prometido lutar pela Libertadores.

Há controvérsias entre o que foi dito no projeto Vencer e o que foi dito em algumas oportunidades, publicamente.

Mas se a diretoria prometeu um time que lutaria pela Libertadores em 2009, como fica depois do fiasco no Maracanã? O time lutou? Se nem lutar, lutou, alguém precisa ser cobrado. Ou, que se revise o texto e se mude as falas.


(Foto: Sophie)

Faça, mas não fale...

O site COXAnautas replicou uma parte da entrevista do homem forte do futebol do Coritiba, Homero Halila, ao jornalista Richard Souza.

Segundo o Diretor de Futebol, "O Coritiba vai entrar com força para buscar títulos no ano do centenário. Já temos uma programação definida caso o time realmente não consiga uma vaga na Libertadores. Teremos o Estadual, a Copa do Brasil, o Campeonato Brasileiro e a Copa Sul-Americana", comentou. "O objetivo é manter de 70 a 80% do grupo e trazer reforços pontuais para posições carentes que vamos identificar. Precisamos fortalecer o elenco para 2009", destacou o dirigente alviverde.

Os planos dos dirigentes coritibanos estão certos, em já avaliar e projetar o próximo ano.

Só não podiam falar.

Ao falarem, vão desmobilizar - ainda mais - o elenco.

Depois de perder de forma irresponsável por cinco a zero, era hora de cobrança, independentemente de salários em dia ou não.

Tem muita gente próxima do poder que não entende muito de futebol, gente que circula pelos corredores do Alto da Glória. E, suponho, será questão de tempo para vazar as listas de quem vem e quem vai, piorando ainda mais o panorama para os próximos sete jogos.

Do 8 ao 80, até semana passada, o pacto era pela Libertadores. Muito se falou, quase nada se fez em campo. Agora, com este clima de "2008 já era!", os boleiros ficarão concentrados com a reta final do Brasileirão? Ou já entrarão em ritmo de férias. Pelo que jogaram no Rio, a resposta seria fácil, mas ainda é possível reverter o panorama e terminar o ano pelo menos na Sul-Americana e mostrando um futebol guerreiro.

As estratégias do futebol Coxa devem ser guardadas a sete chaves. Não era hora de discutir o próximo ano. Pelo menos publicamente.

(Foto: Bensik Imeri)