sexta-feira, 22 de agosto de 2008

Quem deveria ser o camisa 1?

É o seguinte: mais cedo ou mais tarde, Dorival Jr. terá que definir quem será o titular da camisa 1 do Coritiba.

Édson Bastos já está recuperado de uma contusão, mas ainda não está 100% fisicamente para assumir a titularidade, a qual Vanderlei vem desempenhando e desempenhando muito bem.

A questão é: quem estará melhor no momento da escolha por um deles? Num comparativo meramente ilustrativo, se pegar o melhor momento de Bastos e o melhor momento de Vanderlei até aqui na temporada, pra mim, Vanderlei merece continuar com a camisa 1. Mas acho difícil que isto ocorra.

(Foto: www.sxc.hu)

Time forte? Não será por falta de dinheiro

Duas boas notícias nos últimos dias: os ditos dois milhões de reais da venda de Michael para o futebol japonês e os ditos dois milhões de reais pelo patrocínio da camisa do Coxa, que será feito pela Positivo Informática.

Digo 'ditos' por não haver informação oficial do Clube de qual o valor das transações, algo que ao meu ver, seria absolutamente normal de ser informado - não peço que entrem em detalhes dos contratos, e sim, apenas nos valores - por uma gestão que prometeu atuar de forma transparente para seus sócios (vide Projeto Vencer). Desta forma, uso os valores citados pelo site COXAnautas e por outros veículos de comunicação.

Diga-se de passagem, se forem realmente dois milhões de reais por Michael e dois milhões de reais pelo patrocínio da camisa, sem dúvida a diretoria Coxa-Branca acertou na mosca e está de parabéns, pois atingiu resultados muito expressivos e merece os elogios.

Supondo que estes dois valores arrecadados em um semestre - ano que vem, com a publicação do balanço, confirmaremos estes valores -, certamente o Coxa pode investir e investir forte em futebol, o que é a vontade de grande parte da torcida.

E com estas receitas, a situação levantada pelo Sr. Augusto Mafuz - até aqui não desmentido pela diretoria do Coritiba -, de que o Coxa estaria entrando num mau momento financeiro, será contornada e o Clube teria a condição de reforçar seu elenco.

Bons ventos no Alto da Glória. Sinal de que as contratações tão esperadas pelos torcedores podem (e devem!) chegar para as disputas do Brasileirão. Agora, com dinheiro nos cofres, tudo fica mais fácil para o Coritiba, permitindo que o clube tenha um final feliz pra todo mundo: Coxa na Libertadores 2009.

(Foto: Steve Woods)