terça-feira, 19 de agosto de 2008

Consulte um advogado

Relembrando: a quantas anda o 'Caso Laércio', o ex-atacante do Coritiba que acionou o Clube na Justiça Trabalhista?

No dia 14 de março, o portal UOL divulgava matéria na qual entrevistava o diretor jurídico do Coritiba, Gustavo Nadalin, que falou sobre a situação: "O jogador, efetivamente, entrou com uma ação. Como é praxe, o pedido é um pouco exorbitante, mas não existe ainda nenhum tipo de condenação e o valor sequer se aproxima disto", disse Nadalin.

Como eu não entendo quase que absolutamente nada de Direito, deixo a pergunta aqui para que algum advogado que quiser colaborar explique: a quantas anda a ação de Laércio contra o Coxa?

Informações sobre o processo disponíveis no site do tribunal:

http://www.trt9.jus.br/

Numeração Única: 16077-2007-001-09-00-3
Número Antigo: RO - 11733 - 2008
Endereço: TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 9ª REGIÃO - PARANÁ
Local Atual: GABINETE DA DESEMBARGADORA ROSEMARIE DIEDRICHS PIMPÃO
RECORRENTE(s): Coritiba Foot Ball Club
RECORRIDO(s): Laercio Ramos Junior
Autuação: 24/07/2008 -
Origem: CURITIBA
Processo de Origem: 1 RT 16077 2007
Volumes: 1
Fase: AGUARDA VISTO DO JUIZ RELATOR

HISTÓRICOS
04/08/2008 AUTOS REMETIDOS AO (À) GABINETE DA DESEMBARGADORA ROSEMARIE DIEDRICHS PIMPÃO
04/08/2008 DISTRIBUIDO PARA JUIZ RELATOR ROSEMARIE DIEDRICHS PIMPÃO - DISTR. Nº 1110/2008
29/07/2008 AUTOS REMETIDOS AO (À) DISTRIBUIÇÃO DOS FEITOS DE 2ª INSTÂNCIA - AGUARDANDO DISTRIBUICAO P/ RELATOR
24/07/2008 RECEBIDO NO TRT PARA PROCESSAMENTO DE RO

24/07/2008 RECEBIDO NO TRT PARA PROCESSAMENTO DE RO
16/07/2008 AUTOS REMETIDOS AO (À) TRT - RECURSO ORDINÁRIO - Reu 1
11/07/2008 CERTIDÃO EMITIDA NOS AUTOS REVISÃO DE AUTOS (1524036/2008)
09/07/2008 AGUARDANDO REMESSA AO TRT
14/05/2008 ORDEM DE SERVIÇO em razão do vencimento de prazo - Despacho No. 1005427
12/05/2008 AUTOS CONCLUSOS para vencer prazo
07/05/2008 PRAZO 09/05/2008
06/05/2008 PETICAO PARA ANÁLISE
06/05/2008 DEVOLVIDO DE CARGA ADVOGADO - Dyego Karlo Tavares - Nº Carga: 0000923543
06/05/2008 PROTOCOLO N° 0117347 - APRESENTAÇÃO DE CONTRA-RAZÕES AO RECURSO POR Laercio Ramos Junior-
05/05/2008 AUTOS EM CARGA COM ADVOGADO - Dyego Karlo Tavares - AUTOR - Nº Carga: 0000923543 Devolução prevista: 12/05/2008
30/04/2008 EDITAL PUBLICADO Nº 00055/2008 - desp. de fl. Prazo: 09/05/2008
11/04/2008 RECURSO ADMITIDO - protocolo nº 91439 - INTERPOSIÇÃO DE RECURSO ORDINÁRIO POR Coritiba Foot Ball Club
11/04/2008 AUTOS CONCLUSOS em razão do protocolo nº 91439 - Despacho No. 746841
10/04/2008 AUTOS CONCLUSOS com petição
10/04/2008 DEVOLVIDO DE CARGA ADVOGADO - Ivo Harry Celli Junior - Nº Carga: 0000716566
10/04/2008 PROTOCOLO N° 0091439 - INTERPOSIÇÃO DE RECURSO ORDINÁRIO POR Coritiba Foot Ball Club-
09/04/2008 AUTOS EM CARGA COM ADVOGADO - Ivo Harry Celli Junior - Réu-1 - Nº Carga: 0000716566 Devolução prevista: 14/04/2008
03/04/2008 EDITAL PUBLICADO Nº 00043/2008 - decisão Prazo: 11/04/2008
11/03/2008 INTIMAR RÉU
07/03/2008 SOLUCIONADOS SEM TRÂNSITO EM JULGADO
07/03/2008 RESULTADO DE AUDIÊNCIA: PROCEDENTE EM PARTE
07/03/2008 MARCADA PARA ESTA DATA AUDIÊNCIA JULGAMENTO às 17:50
29/02/2008 AGUARDANDO REALIZAÇÃO DE AUDIÊNCIA
28/02/2008 AUTOS CONCLUSOS COM PETIÇÃO
28/02/2008 PROTOCOLO N° 0049148 - APRESENTA DOCUMENTOS POR Laercio Ramos Junior-
27/02/2008 AGUARDANDO REALIZAÇÃO DE AUDIÊNCIA
27/02/2008 AUTOS CONCLUSOS COM PETIÇÃO
26/02/2008 PROTOCOLO N° 0046579 - APRESENTA DOCUMENTOS POR Laercio Ramos Junior-
26/02/2008 PROTOCOLO N° 0046575 - APRESENTA RAZÕES- FINAIS / MEMORAIS POR Laercio Ramos Junior-
25/02/2008 RESULTADO DE AUDIÊNCIA: DESIGNADA AUDIÊNCIA DE JULGAMENTO
25/02/2008 MARCADA PARA ESTA DATA AUDIÊNCIA INAUGURAL às 13:30
09/01/2008 AGUARDANDO REALIZAÇÃO DE AUDIÊNCIA
07/01/2008 PROTOCOLO N° 0001903 - APRESENTA PROCURAÇÃO/SUBSTABELECIMENTO/PREPOSIÇÃO POR Coritiba Foot Ball Club-
01/10/2007 RESULTADO DE AUDIÊNCIA: AUDIÊNCIA ADIADA PARA INAUGURAL
01/10/2007 MARCADA PARA ESTA DATA AUDIÊNCIA INAUGURAL às 13:45
04/06/2007 REU(S) Notificado(s) para Audiência INAUGURAL
31/05/2007 AUTOS AJUIZADOS NESTA DATA - DISTRIBUÍDOS PARA 01ª VARA DO TRABALHO DE CURITIBA
31/05/2007 PROTOCOLO N° ÚNICO :16077/2007 - PETIÇÃO INICIAL POR -LAERCIO RAMOS JUNIOR

Cadê os pratas da casa?

No dia 16 de março, o site oficial do Coritiba noticiava que o Clube chamava o atacante Roger, das categorias de base, para compor o elenco profissional. Quase um mês antes, em 20 de fevereiro, outros três atletas subiram ao profissional: Tiago Real, Ruy e William já treinavam com o elenco principal.

Estamos em agosto.

E me pergunto: onde estão estes quatro jogadores?

Não entendo os critérios do departamento de futebol do Coritiba. Ao se definir que um atleta subirá do Juniores para o profissional é necessário ter a certeza de que ele está preparado. Uma coisa é chamar um atleta da base para cobrir eventualmente uma necessidade. Outra, é definir a subida para o time principal. São coisas bem distintas.

Fico imaginando a cabeça destes jogadores, a quantas anda? Sentiram a possibilidade concreta - já que foi um anúncio oficial - e agora continuam no Juniores.

Enquanto isto, o contrato de Tiago Real e de Leandro (zagueiro que está na Seleção Brasileira Sub20) findam em menos de um ano...

Enquanto isto, uma jovem promessa, que chegou a ser camisa 10 do Coritiba num AtleTiba profissional, Renatinho continua no Juniores...

Não discuto se as decisões estão acertadas ou não. Discuto a forma do procedimento. A expectativa gerada não só nos jogadores que "subiram", mas em mais atletas da base - algo natural, já que convivem juntos há tempos -, para depois voltarem aos Juniores me parece mais prejudicial do que favorável aos jogadores.

Antes que alguém que queira defender a diretoria - e não necessariamente a Instituição Coritiba - me pergunte, já respondo: é óbvio que não sei o motivo! O Clube nada explica. Daí, surgem as dúvidas.

Mas uma certeza eu tenho: quem decidiu que eles estavam preparados para subirem não conversou direito com quem decidiu que eles não estavam preparados para tal. As avaliações profissionais tiveram alguma falha, em algum momento entre os processos de análise e decisão. Deu no que deu.

É necessário avaliar cuidadosa e criteriosamente para se errar menos possível nesta fase de transição entre Juniores e profissional. E foram quatro atletas, sem contar o Renatinho, que também subiu pelas mãos de Dorival.

Cabe ao departamento de futebol profissional corrigir isto. Se os atletas não estão preparados, que o sejam, pois são patrimônio do Clube.

Ou logo logo, estarão nas mesmas situações de Keirrison e Marlos: indo embora, de graça...

(Foto: Ervin Bacik)

É preciso contratar!



É preciso contratar!

O Coritiba perdeu para o Palmeiras por ter um elenco inferior (e aí, incluo a comissão técnica). Num campeonado tão difícil - apesar de ser o mais fraco tecnicamente desde 2003 -, os detalhes fazem a diferença e quem tem os melhores tende a ganhar. E foi assim no Parque Antártica. O Coxa vacilou na defesa e, numa partida onde estava sendo dominado, o vacilo custou caríssimo: a derrota que afastou o time do G4.


Dorival falou à imprensa após o jogo e disse que não irá mentir para o torcedor e nem projetar se o Cori chegará ao título, à Libertadores ou à Sul-Americana. Ao meu ver, sem reforços, o Coritiba irá encontrar muitas dificuldades neste Brasileirão.

É óbvio que o amor incondicional da torcida Coxa-Branca quer levar o time ao topo, sempre. Mas só a torcida não basta. Precisa ter competência no time. O time coritibano é limitado, melhorou seu desempenho nos últimos jogos, mas ainda não tem estrutura suficiente para bater de frente com os times melhor estruturados do Brasil. Natural, vindo de uma Série B, o Verdão encontra dificuldades.

Agora, cabe aos dirigentes resolverem os problemas financeiros do Clube - criados por eles ou por outros - e contratar. Se quiser chegar na Libertadores, a meta diretiva para 2009, o Coxa precisa de reforços. Vários.

Falando sobre time pequeno: e o Ipatinga, hein? No sábado, provou que só engrossa o jogo contra time grande.


(Foto: Steve Woods)

Coxa pode buscar mais um zagueiro

A contusão do zagueiro Nenê - lesão no tendão de Aquiles -, que o deixará de fora da temporada 2008, pode fazer a diretoria Coxa buscar mais um atleta para a defesa.

O diretor de futebol do Cori, Homero Halila, falou ao jornalista Marcelo Lancia sobre a situação: “Vou sentar com a comissão técnica para analisarmos a situação. Há possibilidades de precisarmos de outro jogador para o setor”, disse o diretor do Alviverde.