quinta-feira, 14 de agosto de 2008

E este vermelho aí?

Sinceramente, não entendo o conceito de usar uma cor vermelha nas placas publicitárias que foram afixadas nas curvas do Estádio Couto Pereira.

A resistência à cor vermelha está institucionalizada na curva de entrada do estádio, onde fica a Império Alviverde, maior organizada do Coritiba. Que, inclusive, é cantada em alto e bom som quando um torcedor menos avisado veste uma roupa na cor vermelha. Quando ele é localizado na arquibancada, os palavrões vêm. E vêm fortes.

Justamente aí entra a minha dúvida: se é pra divulgar a marca de forma que ela seja aceita junto a torcida Coxa, e isto renda bons resultados, porque cargas d'água escolher justamente esta cor vermelha? Eu não entendo. E não concordo com a escolha. Pra mim, prá lá de infeliz!

(Foto: Marcello Schiavon)

Consulado da Torcida Coxa em Sampa vai pro jogo

Torcedores coritibanos que residem na maior cidade do Brasil irão apoiar o Coritiba no jogo contra o Palmeiras. Os integrantes do Consulado da Torcida Coxa em São Paulo estão se mobilizando para levar o maior número possível de torcedores coritibanos no jogo deste domingo, contra o Palmeiras, no Parque Antártica.

A galera Coxa que reside em Sampa vem trocando idéias para preparar uma bela festa na recepção ao time no Parque Antártica. E a previsão dos organizadores é de um bom número de torcedores do Verdão apoiando o clube de coração no jogo contra o Palmeiras.

Um dos coritibanos que residem na Terra da Garoa e que garante presença na partida é Diego Skiba Mesquita, que terá a companhia de seus familiares que residem em Curitiba e que irão viajar até São Paulo para apoiar o Coxa. "Eu estarei lá, com certeza. E minha família vem de Curitiba para acompanhar o jogo", conta Diego.

Entre os objetivos do grupo de torcedores que residem na capital paulista está o de confeccionar camisetas e faixas relacionadas ao Consulado Coxa em São Paulo, como ocorre com os torcedores alviverdes do Norte do Paraná e de Santa Catarina.

"Estive no Morumbi e antes da Império chegar já tinha muitos torcedores do Coxa. Acredito que alguns de vocês a exemplo do Luciano, foram ao jogo também, vamos estreitar os laços dos torcedores que não podem esta no Alto da Glória, trocando contatos e achando um modo de que nosso encontro seja antes do próximo jogo, pois podemos estar bolando algo como camisetas ou bonés para melhor identificação, criando assim um cadastro do consulado e aumentando o número de participantes",
destaca Hermes Padilha do Santos, cônsul da torcida Coxa em São Paulo.

Hermes ainda pede pela colaboração dos torcedores que residem fora de Curitiba para que se associem ao Clube: "Não esqueçam que poderemos ser sócios do Coritiba, mesmo estando longe da nossa maravilhosa cidade, só assim poderemos ter um clube, forte sem precisar entregar nossos craques por mixaria e fazer campanhas pensando apenas em participar", disse o fiel Coxa-Branca.

Serviço:

Para entrar em contato com o pessoal do Consulado da Torcida Coxa em São Paulo, mande uma mensagem eletrônica para hermes@futurabrasil.com.br

Pra medir a força

O Coritiba enfrenta o Palmeiras logo na primeira rodada do returno do Brasileirão. Será domingo, em São Paulo, no Estádio Parque Antártica, onde o time palmeirense tem um aproveitamento de 92,5%, o que colaborou enormemente para levar o time do Porco até a 3ª posição na tabela, com 34 pontos.

O time do Porco terá quatro desfalques contra o Cori: Valdívia e Elder Granja (suspensos) e Martinez e Pierre (contundidos). Esta será a primeira vez que o ex-capitão coritibano Jeci enfrenta o time do Alto da Glória.

Com desfalques no time, Luxemburgo terá que se virar para montar um time capaz de vencer o Coritiba, mantendo-se na cola do líder Grêmio.

O Coritiba também tem desfalques, especialmente Édson Bastos e Pedro Ken, que podem ser considerados titulares absolutos do time, em que se pese o bom desempenho do goleiro Vanderlei. Não contar com o lateral Dick não pode ser considerado um DESFALQUE, uma perda considerável, já que ele estava com baixo rendimento quando atuava pelo time Coxa-Branca.

No mais, Alex Silva, Marcos Tamandaré e ainda Leandro Donizete estão liberados pelos médicos e podem voltar a jogar pelo Verdão. Já o recém-contratado Jaílson, atacante, está fora, mas como não estreou pelo Cori, não se sabe qual o real potencial do atleta.

No momento, o Cori parece ter menos problemas do que o seu 'parceiro' alviverde de São Paulo: ainda conta com a possibilidade de estréia do atacante Ariel, o argentino de 1,3 milhão de dólares, que pode vestir pela primeira vez a camisa coritibana nesta temporada. Quem também pode estrear é o zagueiro Evaldo, contratado junto ao Santos.

Numa análise simplista, o Coritiba tem menos desfalques que o Palmeiras. É hora de medir a força do time do Alto da Glória. Sem dúvida, uma boa oportunidade para avaliações. O Coxa está em sexto, com 32 pontos; eles, em 3º, com 34.

Uma vitória Coxa-Branca muda bastante a classificação do Brasileirão. Agora é pra valer!

(Foto: Mauro Martins)

Agora é oficial: quatro desfalques no adversário

Agora é oficial: o Palmeiras não terá os jogadores Pierre e Martinez contra o Coritiba. Ambos estão contundidos com lesões leves no joelho esquerdo.

Segundo matéria do site oficial do Porco, "Pierre teve uma contusão óssea e deve retornar entre 7 e 10 dias. Já Martinez sofreu uma torção, e o prazo de recuperação é inicialmente de uma semana".

Quem também não enfrenta o Coxa são os atletas Valdívia e Elder Granja, que receberam o terceiro cartão amarelo e cumprem a automática no domingo.

(Foto: Steve Woods)