segunda-feira, 21 de julho de 2008

AtleTiba dos sócios no Brasileirão


No Campeonato Brasileiro 2008, um AtleTiba de sócios está ocorrendo paralelamente às disputas dentro de campo.

Se dentro de campo, o Cori está na frente do rival, até a 12 ª rodada do Brasileirão, o time da Baixada tem levado a melhor com sua campanha de sócios.

No AtleTiba realizado no campo deles, o borderô apresentou 14.261 sócios deles, na melhor marca do time da Baixada na competição. No clássico, o percentual de sócios correspondeu a cerca de 79% dos torcedores do time deles que estavam no estádio (um total de 18.101 atleticanos).

Já a melhor marca de sócios do Cori até aqui na competição foi no jogo contra o Flamengo, com 8.463 sócios relacionados no borderô, o que correspondeu a cerca de 39% dos torcedores coritibanos presentes no Alto da Glória (um total de 30.021 coritibanos).


No AtleTiba de sócios - com base nos borderôs divulgados no site da CBF -, quem está na frente é o time deles. Bom motivo para a diretoria do Coritiba ampliar esforços, reverter a situação e superar o time da Baixada. Afinal, quem está no Alto da Glória somos nós.

Quanto é o orçamento do futebol Coxa?

Passados mais de sete meses de 2008, a diretoria do Coritiba ainda não divulgou quanto pretende investir em futebol nesta temporada.

Lógico, falo em valores estimados. Pra isto existe a figura do orçamento, uma ferramenta de gestão - diga-se, de passagem, gestão profissional foi o mote de campanha da chapa Cirino/Tico, na qual votei.

Fico a me perguntar: quanto é que os dirigentes pretendem investir em futebol este ano. Se alguém souber, me conte.

Pois é: Michael vai embora

O site oficial do Coritiba noticiou a transferência do meia-avançado Michael para o futebol do Japão. Segundo o homem forte do futebol do Cori, Paulo Jamelli, “Financeiramente podemos dizer que nunca o Clube ganhou tanto com a negociação de um atleta em um curto espaço de tempo. Sua vinda, há três meses, foi interessante e ao deixar o Clube o contrato previa bons ganhos”, afirmou Jamelli, que não citou quanto é que o Verdão ganhou com a negociação.

Paulo Jamelli explicou que com o dinheiro da transação, o Alviverde irá investir em futebol. "A equipe japonesa pagou a multa rescisória ao Coritiba, dinheiro que já poderá ser investido em futebol".

Bom lembrar que no dia 18 de maio, a Folha de S.Paulo já alertava que o Coritiba poderia perder seus jogadores na metade do ano:
Mão invisível. Homem forte do Guaratinguetá, Carlos Arini tem poder sobre alguns elencos de times da Série A. Pode vender seus atletas emprestados já no meio do ano, por proposta da Europa.

Percentual. Só no Coritiba são cinco jogadores pertencentes ao Guará, entre eles, o meia Michael, destaque da primeira rodada. Ipatinga e Figueirense também tem atletas do time paulista.


Já no dia 30 de maio, o diretor de futebol do Coxa, Homero Halila, falou com exclusividade ao site COXAnautas, quando citou a situação envolvendo a venda do zagueiro Jeci ao Palmeiras, na qual o Cori lucrou 40 mil reais com a transferência. Na oportunidade, Homero comentou sobre o novo formato de contrato que o Alviverde fez com Michael.

"A renovação (de Jeci) foi assinada pelo Vialle no final da gestão passada e o formato do contrato foi herdado pela atual gestão. Quando se verificou a brecha no contato, o clube negociou com o jogador a renovação. Vínhamos negociando, até que surgiu essa situação do Palmeiras. Quando da vinda do Michael e do Alê os contratos já foram feitos em outros termos, para evitar essa situação".


Pois é...

Agora resta saber se os dirigentes e o gerente de futebol terão um melhor desempenho de achar outro meia-atacante do que estão tendo para acertar com um zagueiro.

E esperar que este dinheiro - sabe-se lá quanto! - seja utilizado só para o futebol. O Jamelli falou, hein?

(Foto: Rodolfo Clix)

Dorival fala da derrota em Minas


O treinador Dorival Jr. falou à imprensa após a derrota do Coritiba por 3x2, perante o Atlético Mineiro, em Belo Horizonte, na noite de domingo.

Confira alguns dos pontos principais da coletiva do treinador coritibano que foram publicados no site oficial do Verdão:

Sobre o desempenho contra o Galo:

“É uma equipe que está encontrando muitas dificuldades fora de casa, muito jovem, que tem sentido quando sai e isso e um fato que temos que conviver e melhorar se quisermos buscar alguma coisa dentro do campeonato”.


Ainda sobre o desempenho frente ao Galo:

“Não sei qual o motivo, se sentiu o ritmo da última partida. O desgaste foi muito grande, não sei o que foi, mas sei que foi muito abaixo do que podemos produzir”.


Sobre o time que enfrentará o Ipatinga:

“Vou observar o elenco porque temos a volta de alguns jogadores e a ausência garantida de outros, afinal o Rubens e o Marlos estão suspenso. Em Curitiba, com todos a disposição teremos um situação mais segura para definir a equipe. Iindependente de quem jogue, a maturidade terá que vir”.


Ah!... Entendi... Pois é, mas eu quero é saber de gol!

(Foto: Paula Patrocínio)

Império faz carta à diretoria do Coxa

Carta Aberta à diretoria do Coritiba

Ontem, no domingo, dia 20 de julho, mais uma vez a Torcida que Nunca Abandona esteve presente para apoiar o Coritiba fora de nossa cidade. Foram mais de 14 horas de viagem até Belo Horizonte e novamente nosso time ficou devendo.

Faltou coragem ao Sr. Dorival Jr, pois todo jogo fora é a mesma coisa: ele joga com medo. Quando o Coxa faz um gol, ele recua todo o time e com isso ele traz o adversário para dentro de nosso campo. Como já dizia aquele velho ditado, "A melhor defesa é o ataque".

Nossa diretoria também tem culpa no cartório, pois todos sabemos das limitações de nosso elenco e até agora nada de reforços. Cada dia que passa é mais um dia perdido, a cada novo jogo são mais pontos desperdiçados.

Quarta-feira estaremos no Couto apoiando o Coritiba, com a força de nossa Torcida. Temos certeza de mais uma vitória, novamente faremos a diferença.

Agora se realmente tivermos alguma ambição para esse campeonato se faz necessário mudanças urgentes, quer de comportamento de nossos jogadores, quer de atitudes de nosso técnico e, principalmente, por parte de nossa diretoria, qualificando o plantel do Coritiba.

A Diretoria da Torcida Organizada Império Alviverde