segunda-feira, 14 de julho de 2008

Uma vitória pra calar a boca dos cornetas...

Será? Vencer o atual líder do Brasileirão, pode ser motivo de 'cala a boca' para os 'cornetas' - como é a alcunha que alguns críticos do elenco coritibano são tratados por anônimos defensores da 'causa' que é a atual gestão do futebol coritibano.

Acredito que se Dorival Jr. conseguir mobilizar o elenco para o jogo e o Coxa contar com um pouco de sorte, a vitória sobre o time carioca é possível. O Flamengo vem de uma ótima vitória no clássico das duas maiores torcidas cariocas e isto é sempre bom para o elenco. Ao final da partida, um jogador do time da Gávea comentou da dificuldade que espera para o jogo desta quinta-feira à noite, em Curitiba.

Segundo ele, a vantagem flamenguista sobre o segundo colocado na tabela é importante para dar tranqüilidade ao time. Conversando com o Jango, ex-líder do MUC, Torcida Jovem e Mancha Verde, chegamos ao consenso: o time da Gávea pode entrar em campo mais 'relaxado' e se o Cori entrar com gás total no jogo, pode até surpreender o líder.

Sim, surpreender, pois os números mostram uma grande vantagem dos cariocas sobre o Verdão paranaense - 12 pontos em 11 rodadas - dão conta que o Flamengo vive um melhor momento na competição - acredito que eles têm melhores jogadores e um treinador que conseguiu dar uma dinâmica tática para o time - e o natural, é, que bola por bola, o time carioca entre em campo com uma vantagem teórica.

O Coxa pode sim vencer o Flamengo. Precisará jogar mais do que jogou na maioria dos jogos que fez em 11 rodadas do Brasileirão. Mas é possível. Com garra, o time pode conquistar a galera e a torcida Coxa-Branca pode incendiar o jogo. Algo que já ocorreu este ano, na estréia coritibana no Brasileirão, na vitória de 2x0 sobre o Palmeiras.

É claro que uma vitória alviverde trará uma suposta atmosfera de que tudo está bem no reino do Alto da Glória. Serviria, inclusive, para tapar o sol com a peneira. E, claro, para os 'defensores' do estado de coisas do futebol Coxa voltarem à tona, com o discurso "Eu sabia, eu confia neste time!".

Da minha parte, a defesa intransigente é para com a instituição, não aos seus dirigentes, sejam eles quem forem. Votei em Cirino e Tico, mas nem por isto entendo que tudo é certo e lindo e maravilhoso na gestão. Pelo contrário. Não posso negar que acredito que exista muita boa vontade de muitos dirigentes. Eles querem acertar, querem o melhor para o Verdão. Mas daí a dizer que esta vontade se transformou em atos, em situações concretas, é um longo caminho.

O elenco do Alviverde do Alto da Glória foi mal formado, responsabilidade única e exclusiva dos dirigentes. E nem uma vitória sobre o líder me tirará isto da cabeça. Lógico que uma vitória destas merece ser muito comemorada. E todos nós, Coxas-Brancas de coração, iremos comemorar, claro! Mas as vitórias não podem 'cegar', iludir a fragilidade que é o elenco. O Coxa precisa de vários reforços para a continuidade da competição.

Entre altos e baixos - em usa semana, empatar no sufoco contra um dos quatro da Zona do Rebaixamento, para depois, quem sabe, vencer o líder -, o que fica claro é que o Coritiba não pode viver nesta montanha russa se almeja uma vaga na Libertadores em 2009. Precisa ser um time sempre consistente - e convincente! - em seu futebol, dentro e fora de casa.


Pois é... Paraíba não deve jogar contra o Mengo

O site oficial do Cori divulgou nota sobre a situação do meio-campista Carlinhos Paraíba, um dos principais atletas do elenco na temporada. É provável que Carlinhos só seja liberado para o jogo do fim de semana, contra o Galo Mineiro, em Belo Horizonte.

O jogador Coxa-Branca passou por uma avaliação médica e ainda se encontra com dores e de inchaço na região machucada (panturrilha), Carlinhos foi submetido a um trabalho avaliativo no treinamento específico para atletas em recuperação médica e física.

Segundo o médico Walmir Sampaio, que avaliou o jogador, Carlinhos Paraíba “sentiu um pouco de dor, por isso será importante um acompanhamento durante os próximos dias. O que tiramos de conclusão é que sua volta diante do Flamengo é pouco provável”.

Confira a manifestação do Clube, em seu site oficial:

"A volta prematura pode ser um risco ao jogador. Por isso a precaução é tomada para um retorno seguro e sem riscos de nova lesão ou de uma piora. Isso deve acontecer diante do Galo mineiro, no próximo domingo".

Marcos Tamandaré está vetado

O site oficial do Coritiba divulgou notícia sobre o veto do lateral-direito Marcos Tamandaré para o jogo desta quinta-feira à noite, contra o Flamengo, no Alto da Glória.

O médico do Alviverde afirmou que a situação do jogador é complicada e há indícios de uma lesão na coxa e por isto o camisa 2 está vetado para o jogo desta quinta-feira e para o jogo de domingo, contra o Atlético, o de Minas Gerais, no Mineirão.

“Amanhã teremos o resultado de uma ressonância magnética, mas podemos afirmar que ele está fora do próximo jogo e da partida contra o Atlético-MG também. Com o laudo do exame, teremos como passar com precisão o tipo, tempo de lesão e como será o tratamento”, disse o Dr. Walmir Sampaio.

Maurício vai para o jogo

O departamento médico do Cori divulgou notícia da liberação do zagueiro Maurício para o jogo desta quinta-feira, contra o Flamengo.

O atleta sentiu câimbras na partida contra o Goiás mas terá condições de jogo nesta rodada.