sábado, 13 de setembro de 2008

Mudanças no adversário

O portal Futebol Baiano divulgou nota sobre os preparativos do Vitória para o jogo deste domingo à noite, no Estádio Barradão, contra o Coritiba. Segundo a matéria, o departamento médico do time baiano vetou a participação do meia-atacante Marquinhos, que não está plenamente recuperado de dores na virilha.

O atleta chegou a treinar durante a semana e ficou na expectativa do DM, que frustou sua volta aos gramados. "Ele [Marquinhos] ainda não está preparado para atuar em sua plena forma física. Vamos prepará-lo melhor, e ele deve estar de volta na partida contra o Internacional", explicou o Dr. Rodrigo Vasco da Gama, médico do time de Salvador.

Segundo a matéria assinada pelo jornalista Elton Serra, com o veto de Marquinhos, quem pode ganhar uma vaga no time é o meia Leandro Domingues, que treinou entre os titulares nos coletivos de quinta e sexta-feira. "Estou trabalhando em busca de uma chance no time, e agora espero poder entrar e contribuir para uma vitória diante de nosso torcedor", declarou o confiante Domingues.

A novidade para o jogo contra o Verdão foi o corte do lateral-direito Marco Aurélio, que assim como o meio-campista Jackson, ex-Coritiba, não fica nem no banco de reservas. Marco Aurélio foi titular absoluto da 'era Manicni' no Vitória e acabou barrado para o jogo contra o Cori. Quem deve ficar com a camisa 2 do time é o jovem Rafael Granja, que também desbancou Carlos Alberto, tido como um dos favoritos à vaga na lateral.

Quem era dúvida e foi liberado pelos médicos foi o meia Willans, que treinou normalmente na sexta-feira e está confirmado no confronto contra o alviverde
paranaense.


VARIAÇÕES TÁTICAS PARA ENFRENTAR O CORITIBA

Durante a semana, o time do Vitória fez coletivos com variações táticas para a montagem do time. Na quinta-feira, Vágner Mancini iniciou os trabalhos naquela que vem sendo a tradicional formação do Vitória, no 4-2-3-1, com o argentino Trípodi atuando isoladamente no ataque, em lugar de Rodrigão. Durante os trabalhos, o treinador do time do Leão mudou a postura da equipe para o 4-4-2, substituindo o meia Marco Antônio pelo atacante Adriano e colocando Osmar em lugar de Trípodi. O zagueiro Marcelo Batatais também entrou no time, em lugar de Marcelo Cordeiro, deslocando o zagueiro Anderson Martins para a lateral esquerda.

O time titular treinou na quinta-feira com Viáfara; Rafael Granja, Leonardo Silva, Anderson Martins e Marcelo Cordeiro (Marcelo Batatais); Vanderson, Renan, Marco Antonio (Adriano), Ramon e Leandro Domingues; Trípodi (Osmar).


RELACIONADOS PARA O JOGO

Confira a lista dos jogadores concentrados para o jogo contra o Coxa:

Goleiros: Gléguer e Víafara;
Zagueiros: Anderson Martins, Leonardo Silva, Marcelo Batatais e Thiago Gomes;
Laterais: Marcelo Cordeiro;
Volantes: Renan e Vanderson;
Meias: Leandro Domingues, Marco Antônio, Rafael Granja, Ramon, Ricardinho e Willans;
Atacantes: Adriano, Osmar e Tripodi.

(Foto: Steve Woods)

'Ciao!', Copa do Mundo em Curitiba?

É, acho que esta tem conselheiro do Coritiba que não gostar... Será que estou certo? Perguntar não ofende, né?

Do blog do PVC, no site da ESPN Brasil, enviado pelo fiel Coxa-Branca Gilmar Pinto:

CURITIBA QUASE FORA DA COPA DE 2014

É muito difícil que a Fifa dê o aval para o Brasil ter 12 cidades-sede. É cada dia mais provável que sejam dez as cidades escolhidas. E, nesse caso, a crise que já se criou ano passado entre o governador paranaense, Roberto Requião, e o presidente da CBF, Ricardo Teixeira, deve tirar Curitiba do Mundial.

A zebra, mas muito provável sede da Copa, é Cuiabá. Se a relação da CBF com o governador paranaense é ruim, com o governador do Mato Grosso, Blairo Maggi, é bom. Maggi promete dar estrutura que a CBF quiser, construir estádio e levar a Copa para Cuiabá.

Essa estrutura não é garantia em Manaus, o que faz de Belém a favorita para ser escolhida como a sede da Amazônia.

O anúncio será feito em março. O presidente Lula desejava que isso acontecesse em novembro, mas a CBF preferiu adiar a decisão, para evitar comprometimento com as eleições municipais.

Hoje, as dez sedes mais prováveis, quase garantidas são:

Belém
Belo Horizonte
Brasília
Cuiabá
Fortaleza
Porto Alegre
Recife
Rio de Janeiro
Salvador
São Paulo

Belém ainda disputa com Manaus.

Natal ainda tenta tirar Fortaleza.

Florianópolis tem chance remota se a Copa tiver doze sedes.


Pois é. Pra mim, um problema a menos. Com tanto problema para o Coritiba resolver, cuidar dos problemas 'deles' é o que menos interessa.

(Foto: Rodolfo Clix)