sábado, 8 de novembro de 2008

E a prestação de contas?

Está no Estatuto do Coritiba - a lei maior do Clube - mas não vem sendo cumprindo.

Foi assim com o primeiro e segundo trimestres de 2008. Está sendo assim com o terceiro trimestre.

Passou outubro, estamos em novembro, logo termina a primeira quinzena e nada de prestação de contas.

Se não é pra cumprir o estatuto, pra que ter um estatuto?

Gestão transparente pra quê? Pra ser transparente, quem que honrar prazos legais.

Mudar o estatuto? Pra quê? Se nem o que existe está sendo cumprido.

A quantas anda o dinheiro do Coritiba? Estamos bem? Acredito que sim, pois os dirigentes dizem isto. E, com a palavra, os conselheiros, eleitos para fiscalizar os atos dos dirigentes.

Bom, se estamos bem de caixa, certamente a promessa (ou objetivo, como querem uns) de conquistar um título nacional ou internacional estará mais próxima. Até porque, pra ano que vem, certamente o Clube terá o maior orçamento da sua centenária história.

(Foto: Steve Woods)

Nenhum comentário: