quarta-feira, 5 de novembro de 2008

Cuidados com a base

Todo o cuidado é pouco na hora da subida dos Juniores para o profissional. Ano que vem, um ano atípico pelo Centenário, a tendência é da torcida criar uma grande expectativa em torno de conquistas de títulos.

Não sei como foi feito o trabalho da base. Por isto, não irei palpitar se os jogadores terão ou não condição de comporem o elenco principal. Espero - e torço, mesmo! - para que subam bons valores, pois precisamos de um time forte.

Mas acho necessário cuidar bem deles nesta fase de transição. Se for conveniente - esta análise cabe aos profissionais do futebol -, que entrem nestas partidas finais. Ou que comecem um trabalho específico para subir. Lembro do trabalho do Dr. Raul, fisiologista do Clube, que atendeu o Henrique. Um trabalho que merece destaque, pelo resultado positivo que trouxe ao Coritiba.

Acredito que estas situações já estejam sendo programadas pelo Departamento de Futebol. Acredito que alguns nomes da Base têm pontencial para um bom desempenho, mas precisam ser bem trabalhados, precisam subir no momento certo. Não se pode arriscar queimar um bom jogador da Base neste momento.

Boa sorte aos jovens, que eles venham para o Coritiba e nos tragam alegrias. A torcida tem um carinho especial pelo atleta formado em casa, mas ele precisa trazer resultados também. É uma 'cumplicidade' de sucesso.


(Foto: Steve Woods)

Nenhum comentário: