sábado, 18 de outubro de 2008

Torcedor fala: nossa casa é aqui!



Caro Luiz:

Tenho acompanhado com vivo interesse as matérias sobre o novo estádio do Coritiba e quero deixar registrada minha opinião.

Como Coxa-Branca da velha guarda, que acompanhou a construção do estádio desde os bolões esportivos dos Cornelsen, que sofreu com as fissuras da cobertura em 1967 e a revitalização providenciada pelo Evangelino e que assistiu a jogos de todos os ângulos possíveis do estádio, tenho o Couto no Alto da Glória como minha casa e acho que modernidade nenhuma justifica que rompamos com a história.

Se o estádio mudar de local, temo que nunca mais seremos os mesmos. Eu, pelo menos, nunca mais serei o mesmo, pois a saudade e as lembranças serão eternas. Saudações alviverdes e um abraço.

Felipe Rauen


Felipe Rauen mora no Rio Grande do Sul e é Coxa-Branca de coração.

Nenhum comentário: