terça-feira, 21 de outubro de 2008

Maraca e Alto da Glória

Maraca e Alto da Glória
O Coritiba ficou apenas no empate contra o bom time do Goiás. Pouco para quem almeja o G4, pois o jogo era em casa. Contra os goianos, o Verdão mostrou que sentiu dificuldades contra um time bem postado taticamente e que tem boas alternativas ofensivas jogando em velocidade.

Agora, o Cori terá que resgatar pontos jogando fora de casa, contra o Flamengo, num jogo em que o Maracanã voltar a ser palco do confronto das duas maiores torcidas de seus estados. Contra o Mengo, só a vitória interessa para o Alviverde que almeja a Libertadores no ano do seu centenário. A Império Alviverde está fazendo uma excursão para o Rio, onde apoiará o time de coração contra o Fla.

Aqui em Curitiba, a discussão volta à tona: o novo estádio do Coritiba deve ser no Alto da Glória ou em outro lugar da cidade? Pra mim, só o Alto da Glória serve. Mas nada melhor do que um amplo debate promovido pela diretoria coritibana com os sócios do Clube. Quem sabe, até um plebiscito entre os torcedores.

Coritiba, a torcida que nunca abandona

(Postagem original no Jornal do Estado, coluna 'Falando com as Torcidas')

2 comentários:

Anônimo disse...

Boa tarde amigos
Minha opinião é que para o CENTENARIO do clube o melhore estadio tem nome ou seja "TIME FORTE" chega de entrar em competições somente como figurante e nao ganhar nada de importante,ao menos uma vaguinha pra "LIBER" já animava a galera.

Albano

Fernando Jaremicki disse...

Luiz,

Acredito que nem deveria ser cogitado a mudança de local. Nossa história, nossa vida esta no Alto da Glória. Criamos uma simbiose com essa região, seria uma perda muito grande na identidade do clube, sem contar que é uma região central, com uma boa malha de transporta público.

Sem dúvidas devemos pensar no futuro, sempre respeitando nossa história Gloriosa e muito aguerrida.

Um abraço