quarta-feira, 24 de setembro de 2008

Relembrando

Idos de 1999, um ano marcado pela conquista do título Paranaense, na raça. Em 17 de outubro, o Coritiba voltaria a enfrentar o time da Baixada. O jogo foi no Alto da Glória, com mais de 31 mil pagantes no maior estádio do Paraná.

Jogo equilibrado, muito disputado, dentro e fora de campo. O primeiro tempo passou em branco e o jogo já caminhava para o final. Eles abusavam da violência e Dutra foi expulso, ao revidar uma agressão do zagueiro Gustavo.

Então, quando menos se esperava, eles saíram na frente: Kelly (aquele mesmo), aos 32. Foi o que bastou para ‘eles’ acharem que venceriam o jogo... Não deu nem pra ‘eles’ comemorarem direito: em dois minutos, o Verdão virava o jogo, aos 34 e 35, com o zagueiro Leonardo e o atacante Basílio. Logo depois, Alberto (deles), foi expulso.

Lembro do gol de Basílio: a torcida jogou junto com ele, incendiou a partida e ele marcou um golaço, na raça e na velocidade, o gol da vitória. E foi merecido, o Coxa jogou mais bola que ‘eles’.

6 comentários:

Anônimo disse...

AE LUIZ, O QUE DIZER DE UMA COLUNA DE UM TAL "DAVID MEIRA" NO SITE DE VCS, COM UM CERTO AR DE "ÓDIO" E DESPREZO AO TIME DO ATLETICO?? AQUILO NÃO EH UMA INCITAÇÃO A VIOLÊNCIA???? DEPOIS FALAM QUE SÓ NA NOSSA TORCIDA QUE TEM IMBECÍS E MARGINAIS...UM TEXTO DESSE DEVERIA SER ANALISADO PELAS AUTORIDADES, ASSIM COMO O SITE EM QUE FOI COLOCADO, QUE FALA EM "PAZ", MAS MUITOS DE SEUS ESPAÇOS E AS PESOAS QUE NELE COMENTAM, VEM COM UM GRANDE AR DE RAIVA E INCITAÇÃO A VIOLÊNCIA...REPENSEM SEUS CONCEITOS, PARA QUE NADA DE RUIM ACONTEÇA...

Luiz Carlos Betenheuser Jr disse...

Anônimo, não vou me meter na posição de um outro colunista/site. Pra isto, tem o autor do texto e o Ombudsman do site.

Não respondo pelos atos dos outros. Então, sugiro que cobre dos autores, dos textos e dos comentários. Da minha conduta, falo eu. E dele, você pode cobrar.

Particularmente, não concordo com a formatação do texto, pois ela pode - repito, pode - causar uma dupla interpretação e isto gerar desentendimentos. E isto não é bom pra ninguém.

Eu NUNCA disse que só existem maus torcedores no time da Baixada. Tem gente boa e gente ruim em todos os times. É fato. E isto serve pras duas torcidas e não vamos nos fazer de ingênuos em desmentir isto.

Eu NUNCA fui a favor da violência, há DEZ anos trabalho contra ela - pode perguntar pro Gabriel Garga, da Ultras -, apóio o projeto Torcida Social (www.torcidasocial.com.br) e apóio as iniciativas anti-violência e anti-vandalismo do Fernando Papagaio (www.papagaio11300.can.br).

Pra mim, o que vale é a brincadeira - é uma 'verdadeira guerra' o AtleTiba -, mas sem violência.


Paz

Luiz

Anônimo disse...

Opa
Eu estava lá,inclusive foi quando o Jacob colocou eles confinados no primeiro anel do Couto,virada emocionante com direito a golaço do Basilio bem aos seu estilo,muito bom relembrar.

Albano

Drummer disse...

Esse foi um dos meus AtleTIBAS inesquecíveis! Eu tava lá!

Anônimo disse...

Olha vou relembrar um que pouca gente sabe mas tem fatos curiosos,em 1985 o brasileirao teve uma parada por causa das eliminatorias da copa,entao aqui foi feito um quadrangular com Fluminense,Colorado,Coxa e Porcaticos,nesse torneio a final foi atletiba aonde a decisao foi nos penais,olha que coisa interessante,o ultimo batedor foi o Gomes,cobrou pra fora e o Braulio Zanotto mandou voltar a cobrança,ele bateu novamente e fez,agora me lembro bem que a cobrança foi identica a do Maracanã...ainda bem que o Gilmar não viu,trocando em miudos ganhamos a taça dos dois BANGUS naquele ano.

tony sallum disse...

Lembro muito bem!

Ótima e oportuna lembrança Luiz.

Que nos sirva de inspiração no próximo domingo.