segunda-feira, 8 de setembro de 2008

A quantas anda no novo CT para a Base?

No último dia 03 de junho - isto mesmo, há três meses! - ocorreu uma reunião do Conselho Deliberativo do Coritiba.

Na oportunidade, o presidente Jair Cirino afirmou aos senhores conselheiros que a diretoria encaminharia em até 30 dias a partir daquela data uma adequação ao plano de sócios torcedores Eternamente Coxa, com a qual haveria uma nova categoria de sócios com direito a voto, como prevê o estatuto do Clube. “Nós vamos encaminhar a regulamentação de um novo plano de sócios para os que querem direito a voto. Em 30 dias a proposta será apresentada”, disse dois dias depois o presidente do Coxa, em entrevista ao jornalista Eduardo Luiz Klisiewicz.

Na mesma entrevista ao jornalista, o mandatário Coxa-Branca falou sobre um área comprada pelo Clube na qual se projetava fazer um novo CT exclusivo às categorias de Base do Alviverde. Segundo a matéria, esta nova área teria 20 mil metros quadrados e estaria localizada na cidade de Campina Grande do Sul, na região Metropolitana de Curitiba.

“Agora temos a área, vamos escalar os craques da arquitetura para elaborar os projetos do CT. Teremos cerca de seis campos oficiais e num futuro bem próximo construiremos o alojamento para os jogadores das categorias de base”,
explicou o dirigente, que comentou que alguns atletas da base residem em alojamentos existentes no Estádio Couto Pereira (na curva de fundos).

Para a reportagem, o presidente Cirino optou por não citar valores da compra do imóvel, mas disse que “Não foi galinha morta do mercado, mas foi bem pechinchado”, contou.

Então, passados mais de três meses, pergunto: há quantas anda a construção do novo CT do Coritiba?

Pergunto por imaginar que, já que o Clube não dispõe de alojamentos fora do Estádio Couto Pereira - suponho, um lugar não adequado para o padrão "Academia do Coritiba", o projeto que prevê a formação de atletas nas categorias de base. Pergunto também por ver a mobilização que está sendo feita na Base, conforme destacado na edição nº 8 do jornal Concentração, veículo oficial do Cori.

Segundo matéria do jornal, o coordenador das categorias, André Mazzuco - profissional contratado para ser o diretor das categorias de base do Verdão, cumprindo uma promessa de campanha de Cirino e Tico de profissionalizar a gestão - teria viajado para a Argentina, França, Alemanha, Turquia e Portugal. Nestas viagens, o profissional coritibano encontrou-se com dirigentes de times locais (Boca Jrs., Saint Ettiene e Souchax, Herta Berlin, Fernerbahçe e Acadêmica de Coimbra - com objetivo de "promover o Coritiba e buscar parcerias para o desenvolvimento dos atleas, que logo poderão participar de torneios internacionais".

Suponho que, com esta visão de dar bagagem internacional para os atletas da base, os dirigentes do Coritiba já tenham adequado a estrutura que o Clube dispõe para alojar seus atletas. Então, pergunto, sem ofender: afinal, qual a situação das obras no novo CT do Coritiba?

É evidente que se o Clube não dispunha até 2008 de um alojamento adequado para seus atletas, falhas diretivas aconteceram, seja nas gestões de GG, de Neves, de Prosdócio, de Malucelli, de Araújo, de quem quer que seja. Mas agora, a caneta está nas mãos de Jair Cirino e Tico Fontoura. Então, com a palavra, os atuais mandatários do Clube.

(Foto: Bensik Imeri)

Nenhum comentário: