terça-feira, 9 de setembro de 2008

AtleTiba, o jogo mais importante do ano

O Coritiba teve um mau resultado em casa, contra o Botafogo e praticamente deu adeus a uma conquista de título - que ja era muito difícil, pelo time que tem -, já que agora tem 1% de possibilidade estatística, segundo análise do site Infobola. O Cori tem 17% de chance de conquistar uma vaga na Libertadores e, estatisticamente, não tem mais chance de cair de divisão. Já 'eles' tem 61% de chances de cair este ano...

Bom, com este panorama, agora é ter um objetivo principal em mente: vencer o AtleTiba, custe o que custar e instalar a crise - de uma vez por todas! - na Baixada, auxiliando e muito na ida do time deles para a Segunda Divisão.

É assim que funciona: este clássico, será o divisor dos rumos de ambos os times no Brasileirão. E por isto, torcedores do Coritiba estão se mobilizando para ampliar a festa que a nação Coxa irá fazer para receber o time em campo no AtleTiba do dia 28. Numa parceria do blog 'A torcida que nunca abandona' e o site COXAnautas, está sendo arrecadado dinheiro para colaborar com a festa das torcidas organizadas do Clube.

Queremos mostrar pros jogadores do Verdão que a torcida não os abandonará, mas que eles precisam nos retribuir com uma vitória no AtleTiba.

Para saber como colaborar financeiramente com a festa da torcida Coxa, entre em contato com webmaster@coxanautas.com.br.

Ah! E nada de material da torcida do time da Baixada. Se lá na Baixada nada pode pra nossa torcida, lá no Alto da Glória nada pode pra torcida do time da Baixada. Justo, não?

Coritiba, a torcida que nunca abandona

Um comentário:

Fábio Mayer disse...

Provavelmente já no domingo haverá manchetes de jornais curitibanos tratando da venda de jogadores do Coritiba IMEDIATAMENTE.

E comentários de torcedores rubro-negros nas colunas de leitores, dizendo que o Couto Pereira causa risco de acidentes.

E os "jornalistas" de alguns órgãos deimprensa tentarão de todos os modos arrancar alguma declaração polêmica de gente ligada ao Coritiba.

Melhor abrir o olho...