quarta-feira, 20 de agosto de 2008

DJ falou tudo

"O campeonato é essa briga constante, não existe relaxamento, não existe tranqüilidade. Só no final do campeonato pode haver tranqüilidade, espero que o Coritiba se prepare para poder suportar o campeonato até o fim dentro dessa condição que tem apresentado até então".

A frase acima é de Dorival Jr., na coletiva à imprensa de terça-feira.

DJ mandou bem, falou tudo.

O campeonato é uma guerra até a última rodada, até o final. Por isto, não existe relaxamento, não existe tranqüilidade.

O Coritiba precisa se preparar para suportar a pressão e a exigência alta que é a competição. E precisa se preparar para suportar até o fim.

Eis tudo.

É assim que se trata uma situação profissional.

Quando se fala em rigor, que beira à intransigência, Bernardinho, o treinador da seleção brasileira de voleibol masculino, é modelo pra muita gente.

É isto mesmo: o bom é inimigo do ótimo. Tá bom? Então, que fique melhor ainda.

Ao se encarar as dificuldades sem medo, e se preparar adequadamente para todo o seleto rol de agruras e dificuldades, se atua profissionalmente.

É isto aí, DJ, mandou bem! Não basta discursar que se é profissional. Tem que atuar como tal.

(Foto: Mauro Martins)

Um comentário:

jango disse...

se não pode relaxar é pq tem que cobrar, fazer pressão....se faz pressão e cobra, tá errado pq tem que ir com calma e apoiar....decidam-se....