domingo, 31 de agosto de 2008

Ariel: por que foi relacionado?

Muita gente perguntou após o fim do jogo contra o Cruzeiro, no Mineirão, o motivo do argentino Ariel não ter ficado nem no banco. A diretoria não informou o valor da contratação, mas a imprensa argentina falou em 1,3 MI de dólares (sendo que uma parcela a ser paga em novembro).

A expectativa criada em torno deste jogador é imensa. Nada mais natural, já que os diretores do Cori anunciam Ariel como sendo um centroavante de enorme potencial e por isto veio para ficar no lugar de Keirrison, que deixará o Coritiba em 2009.

Ariel estava relacionado para o jogo contra o Cruzeiro. Não ficou no banco e por isto se tornou motivo de pergunta da imprensa, na coletiva com o treinador Dorival Jr.: "o que aconteceu com Ariel?".

Cautelosa e cuidadosamente, DJ explicou. O atleta passou três noites em claro, devido a um sério problema com seu filho pequeno. Não tinha condições de jogar, evidentemente, pois além do desgaste físico, vem o desgaste emocional que a situação impõe. Ao Ariel e família, meus votos que o filho retorne 100% a dar alegrias aos pais.

Entretanto, fica o questionamento ao futebol profissional do Clube: o jogador não está 100% - tanto que, recentemente, Leandro Requena falou sobre o assunto, em seu blog, 'Sangue Verde':

Mudança: O departamento médico alviverde liberou Jaílson para iniciar os trabalhos físicos e, em breve, ele poderá ser utilizado por Dorival Júnior. Evaldo deve ser escalado na zaga, já contra o Cruzeiro. E, depois que assinar seu contrato, Dinelson estará pronto para jogar em 15 dias. Levando em conta que Ariel Nahuelpan já pode atuar, Leandro Donizete está recuperado e que em pouco tempo Douglas Silva estará à disposição do treinador, o torcedor pode começar a se preparar para as mudanças que vão acontecer. O time titular do Coritiba, que vai terminar o campeonato, vai ser bem diferente do que o atual. E será uma mudança para melhor.

Cautela: Dorival Júnior não vai escalar Ariel Nahuelpan como titular tão cedo. Ele não confirma, mas pretende fazer um trabalho diferenciado com o jogador. Contratado para ser o centroavante do Coritiba, ele deve entrar no time aos poucos. Por ser um atleta jovem (21 anos), estrangeiro, sem nenhuma experiência no futebol brasileiro, e com um contrato longo com o clube (5 anos), Dorival não quer correr o risco de queimá-lo junto à torcida, devido a uma eventual má atuação, ocasionada pela falta de adaptação do atleta ao Brasil. Uma atitude muito prudente e que será benéfica para o jogador e para o Coxa.

Vontade: Perguntado sobre o assunto, Ariel disse entender a cautela do treinador. Só que quem conversa com ele, sabe que o gringo não está disposto a esperar muito tempo. Se dependesse da vontade dele, domingo contra o Cruzeiro, jogava os 90 minutos. Mas, como quem escala é o Dorival, ele vai continuar se adaptando “na marra”.


Ariel tem contrato de dois anos com o Cori (vai até 30/06/2010) e não cinco, como disse Requena, mas no mais, a análise de Requena é extremamente interessante.

Passando por toda esta situação, tanto da falta de adaptação ao futebol brasileiro, como ao problema familiar, não vejo motivo para Ariel ter sido relacionado para o jogo deste fim de semana, em Minas Gerais. Pelos relatos de Requena e de Dorival, Ariel não teria condições de jogo.

Pergunto a mim mesmo: então, pra que levar o atleta se ele não iria jogar? Não seria mais simples noticiar que ele estava dispensado da partida?


(Foto: Bensik Imeri)

8 comentários:

Fernando Jaremicki disse...

m vc Luiz, contudo tem uma coisa que eu não entendo. Todas as fontes ligadas ao clube dão conta que o contrato tem duração de 5 anos, contudo no BID é de 2 anos. Agora que pergunto qual é a real situação?

Quem esta mentindo?

Anônimo disse...

Bom dia
De duas uma,ou é mais um cabeça de bagre e só agora decobriram ou veio bichado pois não tem como explicar um investimento tal alto para nem no banco ficar.
Não esquecendo que ontem perdemos 2 pontos e mais uma vez no confronto direto pipocamos e com todos os outros jogos ajudando.

Albano

Anônimo disse...

Contrato de apenas 2 anos ?

Estao brincando com o Coritiba ?

Com a palavra a diretoria...

Gasparzinho disse...

2 anos com preferencia de renovação pra mais 3

Luiz Carlos Betenheuser Jr disse...

Valeu, Gasparzinho!

Manda bala nas outras perguntas, tá? Pode responder à vontade...

Anônimo disse...

Segundo o reporter Jairo Jr da Difusosra o Ariel deve pegar um penha e não fica no Coxa.

Albano

Fernando Jaremicki disse...

Não lembro aonde eu li mas, disseram que o contrato do Bid está em vigência com o visto de trabalho no Brasil que é de 2 anos, após renovar o visto deve-se renovar o contrato no Bid. Então seria esse o motivo pelo qual o contrato esta de 2 anos e não 5 como dizem!

Anônimo disse...

Vejo que no momento o que menos importa é o tempo de contrato e sim por ele pra jogar,fiquei surpreso em ver Hugo e Silvy no banco e ele que era uma grande esperança de gols nao ter chances.
Olha se for confirmado minhas informaçoes o Ariel será um grande MICO em 2008 vide Léo Mirassol que jogou 10 minutos e já pegou um penha.

Albano