sábado, 19 de julho de 2008

Zagueiro: surge um nome na imprensa


O jornal O Liberal, de Belém, noticiou o possível interesse do Coritiba na contratação do zagueiro Diego Barros, do Clube do Remo, da Terceira Divisão.

Considerado pela crônica local o 'xerife' do time do Remo, o atleta teria feito recentemente uma renovação contratual até 2010, cuja multa rescisória seria de 1 milhão de reais, mas cujo registro do contrato não ocorreu ainda, o que facilitaria a negociação com o Verdão, já que a multa do contrato antigo giraria em torno de 70 mil reais.

O jogador falou sobre a situação afirmando que "até agora não sei de nada. Ouvi pelo alto que há um dirigente do Coritiba chamado Homero (Halila, diretor de futebol do Cori) em Belém, mas procuro nem pensar nisto agora", disse Diego. “É bom quando você percebe a valorização do seu trabalho pelo clube. Fico feliz de viver um grande momento com as cores do Remo, mas também encaro essa sondagem com surpresa”, disse o atleta, em entrevista a outro veículo local, o jornal Diário do Pará.

Na entrevista ao jornal, o atleta deixou no ar detalhes sobre a negociação que mantém com o Clube do Remo, para ampliar seu vínculo contratual (o contrato vigente vai até novembro deste ano). "Já mostrei interesse em renovar por mais tempo, mas não vou ficar procurando sempre pelos dirigentes. Eles têm que tomar uma decisão", completou o zagueiro do clube remista.


SAIBA MAIS SOBRE O JOGADOR

Diego Rodrigo de Oiveira M. de Barros, o Diego Barros, tem 26 anos, é natural de Tatuí (SP), tem 1,86m e 79Kg. Seu último clube antes de acertar com o Remo foi o Ituiutaba (MG) .

O atleta foi eleito pelos torcedores paraenses como o melhor zagueiro do campeonato regional na temporada 2008. No último Parazão, o Remo teve 20 gols sofridos em 22 jogos.

Segundo o site oficial do Remo, o zagueiro é "um dos principais responsáveis pela conquista do Parazão 2008 e uma grande aposta do “Fenômeno Azul” para a conquista do Brasileiro da Serie C".

O zagueiro marcou o gol do Remo no empate em 1x1 contra o time do Cristal, do Amapá, em jogo válido pela Série C do Campeonato Brasileiro, em jogo realizado no estádio Glicerão Marques, na cidade de Macapá. Diego marcou o gol aos 48 minutos do segundo tempo.

Colaborou o torcedor Coxa-Branca Aurélio Fernando Bittencourt.

(Foto: Bensik Imeri/www.sxc.hu)

2 comentários:

Marcio Aurelio/Cincinnati EUA disse...

E uma opção barata se não pagar a multa maior. Não acho que nomes de peso sejam sempre a solução! Lembro quando Jeci chegou e jogou a primeira ao lado de Dezinho os dois foram muito questionados pela torcida indignada porque os 2 não tinham nome. Pois bem, O Jeci hoje e titular do Palmeiras! O dezinho não deu certo ,as futebol e assim, uma hora acerta-se outra erra-se. No Coritiba infelizmente não podemos mais errar e todo aquele bla bla bla barato da oposição que odiava o GG e sua tropa, apontava mil e uma saídas para o crescimento do verdao, como os 90% de acerto, o "NAO" a laboratorio no campeonato Paranaense etc etc etc. Já conhecemos essa novela! politica e assim, muito mais fácil atirar pedras do lado de fora!
de volta ao assunto aqui abordado, vejo com bons olhos essa possibilidade de contratar um cara xerifao em outro lugar, chamado bom e barato.
Nao esqueçam que carlinhos Paraíba tambem veio da serie C!!!!
Alias, contratação muito criticada pelos cornetas de plantão.
Vamos la Coritiba, não somos o Milan nem o Barcelona por enquanto contratamos quem pudermos, mas não podemos nos dar ao luxo de ver o trem passar...

Fernando Todeschini disse...

O Remo a gente já conhece. Ituiutaba foi campeão da Taça MG, que dá acesso ou à Copa do Brasil ou à Série C do Brasileirão, prevalecendo a escolha do clube vencedor.

Do jeito que o Felipe vem jogando e se o Maurício se mantiver firme na direita e o Mancha como anda jogando, esse jogador pode vir pra compor o banco.

Essa contratação está absolutamente longe do que a gente espera, e nesse caso, eu apostaria na base.

Tá na hora do Coxa se firmar como um formador de jogadores em alguma posição específica. Dando preferência à zaga, já temos pelo menos um bom "portfolio" espalhado pelo mercado, com Miranda, Henrique, Juninho, Adriano e Rafael.