sexta-feira, 4 de julho de 2008

Não se trata de quem errou e sim de quem irá corrigir!

No dia 16 de dezembro do ano passado, o diretor de futebol da então gestão Giovani Gionédis, João Carlos Vialle anunciava o acerto do Verdão com o zagueiro Jeci. Vialle era candidato a presidente, perdeu a eleição e dois dias depois da eleição, Édison Mauad anunciava um novo nome para a função: Tonico Xavier.

No dia 02 de janeiro, já com Jair Cirino empossado presidente do Verdão, TX foi à imprensa e anunciou o acerto com o zagueiro.

No dia 18 de maio, o jornal Folha de S. Paulo, em sua seção "Painel FC" noticiava:

Mão invisível. Homem forte do Guaratinguetá, Carlos Arini tem poder sobre alguns elencos de times da Série A. Pode vender seus atletas emprestados já no meio do ano, por proposta da Europa.

Percentual. Só no Coritiba são cinco jogadores pertencentes ao Guará, entre eles, o meia Michael, destaque da primeira rodada. Ipatinga e Figueirense também tem atletas do time paulista.

No dia 30 de junho, a imprensa paulista anunciava o acerto do Palmeiras com o zagueiro Jeci. No mesmo dia, Homero Halila, diretor de futebol do Verdão, falava com exclusividade aos COXAnautas: "A renovação foi assinada pelo Vialle no final da gestão passada e o formato do contrato foi herdado pela atual gestão. Quando se verificou a brecha no contato, o clube negociou com o jogador a renovação. Vínhamos negociando, até que surgiu essa situação do Palmeiras. Quando da vinda do Michael e do Alê os contratos já foram feitos em outros termos, para evitar essa situação".


Eu não quero saber quem errou. O erro que seja avaliado, discutido e punido internamente, no Conselho do Clube, se for o caso. Quero saber quem é que irá RESOLVER a situação. Quero time competitivo já!

Nenhum comentário: