terça-feira, 8 de julho de 2008

Mais uma derrota nos tribunais

O Coritiba sofreu mais um revés no STJD, ao ter o zagueiro Maurício punido com dois jogos de suspensão pela expulsão cometida no AtleTiba da Baixada.

O atleta coritibano foi denunciado no artigo 254 (Praticar jogada violenta) do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, que prevê uma suspensão de duas a seis partidas. Porém, o artigo foi desclassificado para o 250 (Praticar ato desleal ou inconveniente durante a partida, prova ou equivalente), cuja pena é de um a três jogos.

O mesmo argumento foi utilizado pela defesa do A. Paranaense, que também teve um atleta expulso no clássico AtleTiba - o volante Valência -, só que o atleta do time da Baixada foi punido apenas com uma partida de suspensão, enquanto o atleta do Verdão pegou dois jogos de 'gancho'.

A argumentação do advogado da defesa coritibana,
Eric Azeredo, é de que o atleta acabou sendo prejudicado por ser reincidente: "A gente acreditava na desclassificação e isso aconteceu. A única coisa que nos atrapalhou para conseguir a absolvição foi a reincidência do atleta", afirmou o advogado.

A cúpula alviverde acreditava tanto na absolvição que o treinador Dorival Jr. escalou Maurício como titular no treino desta terça-feira, no Couto Pereira. À noite, no julgamento no Rio de Janeiro, veio o revés.


É, mais uma derrota fora de campo. Até quando?



Um comentário:

Anônimo disse...

Nosso jurídico parece estar de brincadeira mesmo!! O Mouro, aquele traíra, conseguiu liberar o Valência do time lá de baixo...
Ambos foram expulsos no mesmo jogo, após 2 cartões amarelos!! E acho ainda que a falta do Valência foi mais dura do que a do Maurício!!

O que está acontecendo???