quarta-feira, 23 de julho de 2008

Isto sim foi merecido!


Carlinhos Paraíba fez o gol de número 500 do Coritiba em jogos de campeonatos nacionais realizados no Estádio Couto Pereira. Merecido, muito merecido. Se alguém deste time da atual do Coritiba merecia entrar para a história do Clube, este alguém é o Paraíba.

Quando contratado - faço aqui a mea-culpa, já que ser sincero não é qualidade, é obrigação -, achei que se tratava de uma contratação de alto valor para o orçamento do Clube - tudo bem, não sei qual é este valor, pouquíssimos sabem, já que a diretoria não divulga algo básico -, mas pelo panorama financeiro que o Coxa vinha, de dois anos de Série B, me parecia ser um valor alto.

Graças a Deus, bola dentro da diretoria - na figura de Tonico Xavier, o responsável pelo acerto - que investiu num jogador que realmente valeu à pena. E, que se bem trabalhado, renderá um bom reforço financeiro ao Clube.

Uma constatação, pra mim, inegável: neste atual time, Carlinhos Paraíba é o dono da bola no Coritiba. Ele a carrega no braço para aonde bem entender.

Paraíba é um ícone da raça e da qualidade Coxa. Os deuses do futebol acertaram outra vez. Das raríssimas opções para entrar na história em alto estilo neste atual elenco, não poderia ter sido melhor. Parabéns, Carlinhos Paraíba, o dono da bola no Coritiba Foot Ball Club.

3 comentários:

Dudu disse...

Cara... só para registro, ja que nunca comentei por aqui. Parabens pelo blog. Como sempre, mantendo a mesma qualidade de outrora. Abraços. Eduardo Luiz Klisiewicz

Fernando Todeschini disse...

Homenagem mais do que justa para nosso Carlinhos.

Exemplo de garra, determinação e talento dentro de campo, e exemplo de atleta e humildade fora de campo.

Carlinhos tem tudo pra ser o grande ídolo da metade final dos anos 2000 no Coritiba.

Fábio Mayer disse...

Eu acho que O Paraíba, o DOnizette (machucado), o Dick, o Matheus e mais alguns contratados deste ano são bons jogadores... o problema é que precisam entrar em vários jogos seguidos e o Coxa têm tido azar, não mantém o mesmo time em dois jogos.