sexta-feira, 4 de julho de 2008

E se mais alguém pedir pra sair?



"Caros amigos, torcedores, funcionários e diretores do Coritiba Foot Ball Club

Todos os anos que vivi dentro do Coritiba foram especiais para minha vida e para minha carreira. Quero agora agradecer a todos que me apoiaram e que me ajudaram a chegar onde eu cheguei. A nossa volta a primeira divisão ficará guardada sempre em minha memória e o apoio de todos vocês foi fundamental para esta conquista.

Apesar da insistência da diretoria e de muitos amigos e torcedores para que eu ficasse por mais algum tempo, resolvi ir embora a fim de dar continuidade em minha carreira, foi um decisão pessoal onde vi que o melhor para mim e para o Coritiba seria a minha saída neste momento.

Onde eu estiver sempre levarei comigo as lembranças do Coxa e de tudo que vivi nestes 10 anos.

Um forte abraço

Henrique Adriano Buss"



Esta carta foi postada por Henrique no site oficial, no dia 1º de fevereiro. Com base no interesse do zagueiro em ser vendido ao Palmeiras, a diretoria do Coritiba argumentou a transação.

Durante o mês de agosto fica aberta a janela do Campeonato Brasileiro para transações internacionais.
Até lá, para times do Brasil, jogadores que não participaram de seis jogos pelo Coxa podem mudar de ares.

A pergunta é: e se mais algum jogador quiser deixar o Coritiba? Se ele pedir numa carta, a diretoria aceita?

Nenhum comentário: